Episódios do consultório da Psicóloga dos Miúdos: É tão simples ser criança...

September 3, 2014

Na consulta, com um dos meus miúdos de 7 anos, ouve-se dois sons seguidos, constrangedores e ele olha para mim, com ar comprometido, mas continua a tarefa que estava a executar e quase sem o ouvir, pronuncia: "desculpa". 
Porque ambos demos conta e achei que era uma boa oportunidade para trabalharmos o embaraço e a vergonha, perguntei-lhe: "- Deste um pum?" - E sem o deixar responder, digo-lhe, na tentativa de o tranquilizar, que é normal sentir-se um pouco embaraçado mas que acontece e que pedir desculpa, como me pareceu que fez, é uma boa forma de lidar com a situação.  
Sem se mexer, olha para mim e diz-me: "- Não fui eu, foi um fantasma." Eu, fazendo-me despercebida, digo-lhe: "Não estou a perceber. Então mas se foi um fantasma porque pediste desculpa?"
E ele, sem parar o que estava a fazer, diz rapidamente: " - Oh, ele pediu-me para dizer por ele."

Please reload

Posts Em Destaque

Carta de um adolescente em confinamento

April 27, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Google+ - Black Circle